Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008
Aos 20 anos (é já no próximo dia 29), a TSF atravessa a maior crise de sempre.
O portal da Internet é um desmazelo, os podcasts restritos a poucos programas, as divisões dos temas das notícias discutíveis, as notícias que eram exclusivas ou em primeira mão deram lugar às notícias de sempre, via Lusa e outras agências de notícias. O modo de fazer as notícias é questionável. Há um grande acontecimento no âmbito económico e vai falar o editor de economia do Sol?! E não era melhor ideia haver um editor de Economia na TSF, alguém especialista que tivesse discernimento para falar sobre todos os assuntos dessa área? Ah, e que não dissesse o que eu, totalmente alheado da Economia, não saiba já, por dedução.
O excessivo peso do desporto, o pouco debate sobre assuntos sociais e culturais — a este respeito, notem-se as grandes excepções que são o programa de Manuel Vilas-Boas, Encontros com o Património e o componente cultural dos convidados do Pessoal… e Transmissível —, a perda de tempo que na maior parte das vezes é o programa Mais Cedo ou Mais Tarde (que devia chamar-se “pouco interessante”), entre outras, são motivos para que sinta uma certa desilusão com a Rádio. O fim de A Semana Passada e das revistas do ano é, simplesmente, um escândalo. Não me refiro à qualidade da música: o que era e o que é.
Não se depreenda daqui que a TSF é uma rádio má: é a única que consigo ouvir com gosto (menos a parte do desporto, claro). Há profissionais muito bons e depois há outros mais medíocres. Continua a haver muito boas reportagens, rubricas de humor com piada, ou outras rubricas úteis, por exemplo, a Clínica Geral.
Sei que o director da TSF entrou há pouco tempo. Nota-se pouco a diferença em relação ao anterior e eu, que não ouço a Rádio apenas no carro, como a maior parte das pessoas, faço votos para que Paulo Baldaia mexa na grelha, e que renove finalmente o sítio da Rádio. Aqui tem de haver dois componentes básicos: as notícias e a Rádio propriamente dita. As notícias têm de ter uma divisão mais correcta — “Portugal” não pode ser só política (porque não uma divisão “Política”?) —, mais bem redigidas (e já agora corrigir o URL ‘ocio’ na parte das “Artes”), todas as notícias que vão para o ar têm de estar disponíveis no sítio. E, já agora, colocar a publicidade em sítios mais discretos. Não basta já o peso que têm no ar, quanto mais ainda vê-la a saltar na Internet.
Quanto ao componente “Rádio” de que falei, conviria ter todos os programas disponíveis para audição (se há problemas com direitos de autor ou tamanho de ficheiros, por exemplo, que fique disponível apenas uma semana), uma grelha com a programação exacta e não feita à pressa — e, como sugestão pessoal, uma página-base para cada um dos programas, alimentada pelo autor, onde se poderia ouvir os programas, ler sobre eles... (um pouco como já acontece com o blogue do Mais Cedo ou Mais Tarde). E já agora uma parte com uma pequena história da TSF, com as caras (sim, queria ver as fotos) que fazem a rádio, também era boa ideia.

PS: Actualmente, não se pode ouvir na Internet o trabalho especial sobre os 20 anos da Rádio... irónico.
PPS: A Reportagem TSF desta semana (sexta-feira depois das 19h e domingo depois das 10h) é sobre os primeiros tempos da Rádio, quando funcionava em modo pirata na cave de um prédio. Mas esta promoção não surge no sítio: outra coisa a corrigir.

Tópicos:

publicado por Ricardo Nobre às 08:02 | referência | comentar

2 comentários:
De Anónimo a 27 de Fevereiro de 2008 às 21:18
Não sei se já reparou más um video da Mariza a desejar os parabéms a TSF no…. Youtube, devería estar no site, más não está.


De João a 19 de Março de 2008 às 19:12
E então? o expresso também usa o youtube para alojar videos..


Comentar artigo

RÁDIO
TSF — Rádio Notícias (emissão directo)
BBC Radio 4 (emissão directo)
BBC World Service (emissão directo)
BBC Radio 3 (emissão directo)
BBC Radio 5 Live (emissão directo)
LIGAÇÕES DE REFERÊNCIA
Informação Geral
BBC News
The Guardian
Público
Times
Diário de Notícias


Cultura
The TLS
BBC | Entertainment & Arts
The Guardian | Culture
Telegraph | Culture
New York Times | Arts
DN | Artes
Ípsilon
El Mundo | Cultura
El País | Cultura
Público | Culturas
Le Monde| Culture

LITERATURA
Bibliotecas
Biblioteca Nacional de Portugal (Porbase)
The British Library
Library of Congress
Bibliothèque nationale de France (Opale)
Biblioteca Nacional de España
National Library of Scotland
Biblioteca da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (SIBUL)
Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra
University of Cambridge Library (Newton)
Oxford University Libraries (SOLO)
Harvard Libraries (HOLLIS)


Editoras
Cambridge University Press: Catálogo de Literatura; Catálogo de Estudos Clássicos
Oxford University Press: Catálogo de Literatura; Catálogo de Estudos Clássicos; More than Words (Oxford World’s Classics)
Routledge: Catálogo de Literatura; Catálogo de Estudos Clássicos
Penguin Books


Revista CLASSICA — Boletim de Pedagogia e Cultura

LÍNGUA PORTUGUESA
Vírgulas
Sujeito e Predicado

Vocativo

Oração Causal

Oração Concessiva

Oração Condicional

Oração Conformativa

Oração Final

Oração Proporcional

Oração Temporal


Uso do apóstrofo


Vocabulário estudado
à
Alcaida
contracto
contrato
de
de mais
demais
grama
majestoso
para
presidenta
sedear
sediar
se não
senão
seriação


Livro de Estilo

Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1945)
Código de Redacção Interinstitucional
Dicionário da Língua Portuguesa (Priberam)
Dicionário da Língua Portuguesa (Porto Editora)
LX Conjugator (conjugação verbal)
MorDeb
Corpus do Português Europeu
Corpus do Português
Corpus Lexicográfico do Português
CETEMPúblico
Corpus Rede de Difusão Internacional do Português
Transliteração do Alfabeto Grego
Associação de Informação Terminológica
Acordo Ortográfico de 1990
Norma Portuguesa de Metrologia

APONTADORES
Bandeira ao Vento
Blogtailors: o blog da edição
Cadê o Revisor?
Detective Cantor
Lóbi do Chá
Memento…
Pesporrente
Português em Dia
Rascunho.net
Relógio D'Água Editores
A Senhora Sócrates
O Vermelho e o Negro
ARTIGOS RECENTES

PÚBLICO Menos

Novo PÚBLICO

Acordo na Faculdade de Le...

Acordo Ortográfico no CCB

Onde o latim acaba e o in...

Balanço de um colóquio

Diogo Infante deixa o D. ...

Memória curta

Também quero o subsídio e...

Governo de salvação nacio...

Quando os escritores não ...

Golpe de estado militar

TOMBO

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

SUBSCREVER FEEDS